Início » Interatividade » Notícias
06 de outubro de 2017

ASSPMBMRN participa de campanha para valorização do policial e bombeiro militar

ASSPMBMRN participa de campanha para valorização do policial e bombeiro militar

A ação iniciou nesta semana nas mídias sociais e na segunda (9) haverá uma mobilização em frente à Governadoria

As associações representativas dos militares estaduais do RN estão reunidas para lutar por melhorias no sistema de Segurança Pública do estado. Neste sentido, lançaram a campanha “Valorize quem te protege”, objetivando o apoio da população nessa jornada em defesa de uma segurança melhor para todos. A Associação dos Subtenentes e Sargentos Policiais e Bombeiros Militares do RN (ASSPMBMRN) é uma das entidades integrantes desta campanha.

Para Eliabe Marques, presidente da ASSPMBMRN, a valorização do profissional da segurança fortalece o Estado e, consequentemente, garante um melhor serviço prestado à população. “A iniciativa é a ratificação do compromisso das associações com a valorização profissional dos policiais e bombeiros militares. Nossa busca por melhorias é permanente, a campanha é mais um mecanismo para isto”, frisa o subtenente Eliabe.

A ação iniciou nesta semana nas mídias sociais, com a página no Facebook e perfil no Instagram, ambos com o nome “Valorize quem te protege”. Mas a pretensão é se estender às outras mídias também, acrescenta o presidente da ASSPMMRN.

Mobilização

Como parte da ação, será promovida nesta próxima segunda-feira (9), às 9h, uma mobilização com Oficiais e Praças, policiais e bombeiros militares. O ato será em frente à Governadoria e tem como programação uma Assembleia Geral Unificada. Na pauta principal estão as mudanças na Lei do Ingresso, antes que seja aberto o concurso para a Polícia Militar do RN – divulgado pelo governador para abertura de edital ao final de outubro.

A categoria defende que os próximos concursos exijam nível superior para os candidatos à praças, e não apenas nível médio. Eliabe Marques argumenta que alguns estados do país já exigem que o candidato tenha ensino superior para ingresso no cargo de praça, como Santa Catarina e Minas Gerais. “Este requisito é uma oportunidade de modernizar a instituição e acompanha a tendência de nosso País, pois esse modelo de ingresso já existe em outros dezesseis estados brasileiros”, ressalta o presidente. 


Share

Deixe seu comentário


ClinicenterBio ReligarePargos ClubMa-Noa ParkInfortec - Cursos e formação profissionalNutricionista Rarynna Fonseca
Faculdade Maurício de NassauMilano ÓpticaEstácio PREVPRAG Saúde AmbientalInstituto Sagrada FamiliaCDF